Com fundos do governo suíço, a Organização Mundial da Saúde (OMS) procedeu à amplificação da capacidade para testes da Covid-19 em Moçambique, através da entrega de material de diagnóstico ao Instituto Nacional de Saúde (INS) de Moçambique.

“A OMS adquiriu com este apoio três máquinas de PCR QuantStudio-5” e também “6500 kits de reação RT-PCR para testagem, da Covid-19”, revelou Joaquim Saweka, representante da OMS. “Com estas três máquinas de PCR, o Instituto Nacional de Saúde aumentará sua capacidade de testagem em cerca de 1.500 amostras diárias”, destacou o responsável, citado pelos serviços de comunicação das Nações Unidas.

Ilesh Jani, diretor do INS, destaca a importância desta ação. “Estabelecendo esta capacidade não se trata apenas de aumentar a capacidade de diagnóstico, mas também permitir que o resultado seja entregue o mas rápido possível. A entrega rápida do resultado é fundamental para implementar as ações do controlo da pandemia”, realçou o responsável. Atualmente Moçambique “soma mais de 71,5 mil casos positivos e, pelo menos, 841 mortes”.

Tagged: