Foto: Santuário de Fátima

A Peregrinação Internacional Aniversária de Maio ao Santuário de Fátima vai decorrer de forma “restrita” devido à Covid-19. Segundo os serviços de comunicação do templo mariano, “apenas poderão estar nas celebrações 7.500 peregrinos”. O Santuário de Fátima afirma que o “acolhimento na Cova da Iria será idêntico ao de outubro, salvaguardando todas as questões de segurança”, decorrentes da atual pandemia. O templo mariano, em “articulação com as autoridades” de saúde, “garantirá” o acolhimento dos peregrinos, “em total segurança”, sendo obrigatório o uso de máscara, o “distanciamento físico e a higienização das mãos”.

As entradas para o recinto de oração poderão ser feitas através de “oito portas, devidamente assinaladas, nos lados norte e sul do santuário”. Nas entradas para o recinto vão estar “acolhedores, com dispensadores de álcool gel, que indicarão os lugares para onde deverão seguir os peregrinos que se devem manter no mesmo sítio durante as celebrações”. Também no interior do recinto de oração vão estar “acolhedores para acompanhar os peregrinos”. No “total estarão envolvidas 80 pessoas entre funcionários do Santuário e voluntários, incluindo, desta vez, alunos do Colégio de São Miguel”.

No interior do recinto de oração encontra-se assinalado um amplo conjunto de círculos. Em cada um deles, “poderão ficar apenas peregrinos que pertençam ao mesmo agregado” familiar. Com o objetivo de evitar a deslocações dos fiéis no interior do recinto do decorrer das cerimónias, as “zonas da Capelinha das Aparições e do queimador das velas estarão vedadas”. Na Capelinha das Aparições “apenas poderão estar os intervenientes em cada uma das celebrações”, e a comunhão será “distribuída no lugar, sendo o ministro [da comunhão] a deslocar-se até cada um dos peregrinos”.

O Santuário de Fátima afirma que nesta jornada “não poderá acolher todos quantos gostariam de estar presentes na Peregrinação Internacional Aniversária”, mas que esta é uma “atitude responsável e consciente”, onde a “saúde está acima de tudo”. O templo da Cova da Iria pede aos peregrinos para “corresponder às exigências do atual momento, que apesar de ser melhor ainda não oferece garantias para Fátima acolher sem reservas e precauções todos os peregrinos que habitualmente se deslocam à Cova da Iria nesta data, provenientes de todos os lugares do mundo”.

A peregrinação de maio será presidida por José Tolentino Mendonça, cardeal e teólogo português. As cerimónias poderão ser acompanhadas à distância. A procissão das velas e a Missa internacional do dia 13 serão transmitidas pela RTP e pela TVI. Por cabo, todas as celebrações serão transmitidas pela TV Canção Nova. As cerimónias poderão ainda ser acompanhadas no website do Santuário de Fátima, assim como no canal youtube e na página do facebook do templo mariano.

Tagged: