A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) e o Ministério da Justiça formalizaram esta semana um acordo de cooperação que permitirá a entrada em funcionamento de uma Casa de Autonomia em Lisboa, com capacidade para receber até oito jovens, com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos, oriundos de centros educativos com medidas de supervisão intensiva.

A Casa de Autonomia deverá entrar em funcionamento “já em abril” e deverá acolher os “primeiros jovens em maio, em estreita cooperação com a Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP), entidade que articulará diretamente com a Misericórdia de Lisboa a gestão desta nova resposta social na cidade”, indicam os serviços de comunicação da SCML.

A Misericórdia de Lisboa explica que este é um “projeto inovador”, que pretende criar “condições de acolhimento numa casa de autonomia, dotada de um ambiente seguro e tranquilo”. O novo espaço deverá “proporcionar uma transição progressiva e sólida para a próxima etapa do plano de vida de jovens que procuram a reinserção na sociedade”, realça a Santa da Casa da capital portuguesa.

Tagged: