Vinte e quatro cabazes com bens alimentares foram entregues a agregados familiares desfavorecidos, nas Fontainhas, em Cascais. A iniciativa permitiu beneficiar “80 pessoas, entre elas crianças e jovens”, refere a Helpo, uma organização não governamental para o desenvolvimento (ONGD) portuguesa, envolvida nesta ação.

A entrega dos cabazes foi muito para além da entrega de bens essenciais. “Uma vez que nesta altura de confinamento as famílias não podem ir ao nosso encontro, saímos para chegar mais perto das suas casas, conhecer os animais de estimação, ouvir as histórias do estudo em casa, os desabafos, tirar dúvidas sobre apoios ou só conversar um pouco e contribuir para que sintam que não estão sozinhas”, indica a organização portuguesa.

A preparação e distribuição dos cabazes “contou com o valioso apoio de estagiárias e voluntárias”, a quem a Helpo agradece a sua disponibilidade. Para que a iniciativa fosse possível, a Helpo contou também com o apoio da Junta de Freguesia de Cascais e Estoril. A ação assume especial importância numa altura em que muitos cidadãos enfrentam uma perda de rendimentos, devido aos efeitos das medidas de contenção da Covid-19.

Tagged: