As aulas presenciais em Moçambique retomam esta segunda-feira, 22 de março, indica o UNICEF Moçambique. A propósito da reabertura dos espaços escolares, a União Europeia em Moçambique e o Fundo das Nações Unidas para a Infância “trabalham juntos para apoiar o Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano a garantir um retorno seguro, saudável, e inclusivo a todas as alunas e alunos, com saúde e protegidos da Covid-19”, destaca a agência da ONU.

Com o objetivo de apoiar o regresso à escola, o UNICEF “montou 149 tendas de aprendizagem temporária em Cabo Delgado, com apoio do Fundo Central da ONU de Resposta de Emergência (UNCERF), para que as escolas possam respeitar as medidas de prevenção da Covid-19 e garantir a educação das crianças deslocadas pelo conflito na zona norte”, adianta a agência dedicada às crianças.

Os esforços para garantir a continuidade da educação das crianças em Cabo Delgado contam também com a ajuda de doadores, como a Royal Norwegian Embassy in Maputo e a Education Cannot Wait. O UNICEF Moçambique deixa um apelo: “Para cada criança em Cabo Delgado, uma educação de qualidade e segura!”

Tagged: