Uma campanha destinada à angariação de fundos para a compra de sabão para São Tomé e Príncipe reuniu “872 euros”. No âmbito desta campanha, um euro representa “um quilo de sabão”, referem os membros da “Casa fiz do mundo”, um grupo paroquial de ação missionária das comunidades católicas de Carregosa, Vila Cova de Perrinho e Chave, na diocese do Porto, dinamizadores desta ação.

Os responsáveis pela iniciativa destacam a importância da angariação de verbas para a aquisição de sabão, que decorreu até este domingo, 21 de março. “O sabão é um bem de primeira necessidade. Serve para lavar a roupa, a louça, o corpo e a desinfeção. Pode ajudar tanto com tão pouco!”, destacam os promotores desta ação.

Depois da angariação de fundos para a compra de lápis e de sabão, o objetivo é agora reunir verbas para a aquisição de arroz. A campanha conta com diferentes etapas, mas sempre com o propósito de reunir bens apoiar a população mais frágil de São Tomé e Príncipe. Além de lápis, sabão e arroz, pretende-se também angariar fundos para adquirir massas, feijão seco, bolachas e artigos de saúde.

O grupo missionário “Casa fiz do mundo” trabalha em “total colaboração com as Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição da cidade de Neves em São Tomé e Príncipe”, desde 2007. Os bens que se pretendem reunir são “todos necessários no dia a dia em São Tomé e Príncipe”, destacam os voluntários deste organismo, através das redes sociais.

Tagged: