Foto: OMS

Está em curso uma formação dedicada à atual pandemia, dirigida aos operadores da linha de atendimento da Covid-19 na Guiné-Bissau, um serviço que é gratuito e que se encontra diariamente em funcionamento, ao longo de 24 horas.

A formação é dinamizada por cinco formadores, oriundos de organismos como o Alto Comissariado para a Covid-19, Instituto Nacional de Saúde Pública da Guiné-Bissau (INASA), e Hospital Nacional Simão Mendes.

A ação formativa “está organizada em diferentes módulos” os quais incluem a “vigilância epidemiológica, prevenção e controlo de infeção à comunicação de risco e gestão da informação”, explica a Vida, uma ONGD portuguesa, que coordena e supervisiona a iniciativa. A formação é “organizada em estreita colaboração” com o Alto Comissariado para o Covid-19, e conta com o financiamento do United Nations Development Programme – UNDP.

Tagged:

1 comment

Comments are closed.