Receita vai reverter a favor da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima

A violência doméstica vai estar em foco em mais uma edição da iniciativa “Café com letras”, que terá início pelas 18h30 da próxima sexta-feira, 19 de março, em ambiente digital, como medida de contenção da atual pandemia. O encontro vai decorrer com o tema “Mulheres e violência doméstica: a cultura mete a colher”, e é dinamizado pela Direção Regional de Cultura do Algarve, pela biblioteca da Universidade do Algarve (UAlg) e pela FNAC, com o apoio da Rádio Universidade do Algarve (RUA FM).

A iniciativa será uma ocasião para escutar Mónica Pereira, mestre em Educação Social, e Ana Borges, coreógrafa da “Corpo de Hoje Associação Cultural”. A moderar a sessão vai estar Adriana Nogueira, diretora regional de Cultura do Algarve.

Os responsáveis pela biblioteca da UAlg destacam a importância do tema em foco. “A violência doméstica é das formas mais gravosas de discriminação das mulheres, reflexo de persistentes estereótipos de género e de relações de poder desiguais. A violência doméstica tem impactos nas vítimas diretamente envolvidas, nas famílias e na sociedade no seu conjunto”, realça o organismo envolvido na organização da iniciativa, que poderá ser acompanhada através da plataforma Zoom Colibri.

Tagged: