O Seminário Episcopal de Angra, nos Açores, prepara-se para dinamizar as Jornadas de Teologia 2021, sob o tema ‘O Átrio dos gentios – Ateísmo e fé: diálogo e procura’. A iniciativa arranca quinta-feira, 17 de março, e prolonga-se até à sexta-feira seguinte, dia 19, através dos meios digitais, como medida de contenção da atual pandemia.

A iniciativa conta com conferencistas como Juan Ambrósio, docente na Universidade Católica Portuguesa, António Vaz Pinto, sacerdote jesuíta, e Carlos Fiolhais, cientista. Está ainda prevista uma intervenção de João lavrador, bispo na diocese de Angra, assim como a apresentação do terceiro volume da revista científica do Seminário Fórum Teológico XXI.

De acordo com Hélder Miranda Alexandre, reitor no Seminário de Angra, as jornadas serão uma ocasião para “discutir a relação entre o ateísmo e a fé, dialogando e procurando a relação entre estas questões que são essenciais para a nossa vivência”. Ao longo das jornadas, pretende-se também “alargar o debate à sociedade civil” e “provocar” várias linhas de pensamento e de reflexão, destacou o responsável, em declarações ao ‘Igreja Açores’.

Tagged: