Foto: Santuário de Fátima

O terceiro vídeo da série que o Santuário de Fátima se encontra a realizar todos os meses para apresentar os núcleos da exposição temporária “Os rostos de Fátima” tem como protagonista Manuel Antunes, capelão do Santuário de Fátima e assistente nacional do Movimento da Mensagem de Fátima.

A intervenção do sacerdote é dedicada ao núcleo da mostra que aborda aquele que é considerado como um “momento-chave da mensagem de Fátima” – as ocasiões em que os pastorinhos de Fátima viram o Anjo. Manuel Antunes refere que estas ocasiões foram durante algum tempo “desconhecidas, porque a Lúcia julgava que estas aparições eram para eles, de uma forma pessoal”.

Segundo Manuel Antunes, os momentos em que os pastorinhos viram o Anjo assentam em três bases. “Na primeira aparição o Anjo leva as crianças à adoração, na segunda leva as crianças à penitência e na terceira à contemplação, e foi nestes três alicerces que os pastorinhos cresceram na sua vida espiritual”, destacou o sacerdote, citado pelos serviços de comunicação do Santuário de Fátima, deixando um apelo.

“Nos dias de hoje, verificamos que há muita gente que comunga, mas não faz comunhão com Jesus nem com os irmãos, e o Anjo chama atenção para este dom, coração da Igreja e o coração da nossa vida espiritual”, refere o sacerdote. Devido à atual pandemia, a exposição “Os rostos de Fátima – fisionomias de uma paisagem espiritual” encontra-se fechada ao público.

Tagged: