Foto: Fundação Fé e Cooperação

Uma Formação de Formadores do Ensino Básico está a decorrer em Bissau e em Bafatá, na Guiné-Bissau. A iniciativa deverá contribuir para formar professores, e, consequentemente, levar a melhorias no sistema de ensino e ao processo de ensino e de aprendizagem naquele país africano.

A iniciativa conta com a participação de “20 formadores”, os quais terão depois a missão de “capacitar 250 professores do 1.º e 2.º ciclos do Ensino Básico a nível nacional”. “A formação inicial insere-se num processo de formação contínua de 3 anos que tem como objetivo melhorar os processos de ensino-aprendizagem na Guiné-Bissau”, explicam os envolvidos no projeto.

A iniciativa acontece no contexto do PRECASE – Programa de Reforço de Capacidades do Sistema Educativo da Guiné-Bissau. O programa é financiado pelo Instituto Camões. e implementado pela Fundação Fé e Cooperação (FEC), em parceria com o Ministério da Educação e Ensino Superior da Guiné-Bissau, a Escola Superior de Educação – Instituto Politécnico de Setúbal e o Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.

Tagged: