Foto: Santuário de Fátima

Num momento em que os cristãos vivem em tempo quaresmal, Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor no Santuário de Fátima, apresentou aos fiéis um conjunto de conselhos para a vivência deste período. As propostas foram apresentadas na Eucaristia do segundo domingo da Quaresma, celebrada na manhã do dia 28 de fevereiro, no templo mariano da Cova da Iria.

“A Quaresma é o tempo para escutarmos com mais atenção a Palavra de Deus e para lermos a Bíblia com mais frequência, pessoalmente ou em família. (…) Na oração, a nossa vida também se transforma e transfigura. Por isso, a conversão passa também necessariamente pela oração: a Quaresma é tempo para rezar mais e melhor”, disse Carlos Cabecinhas, citado pelos serviços de comunicação do Santuário de Fátima.

O reitor do templo mariano lembrou o “veemente apelo à conversão” que se encontra presente na mensagem de Fátima, e que foi concretizado através “testemunho dos santos pastorinhos, que souberam escutar a voz de Deus, através das palavras do anjo e de Nossa Senhora e que procuraram, na oração, o encontro com Cristo capaz de transfigurar as suas vidas”.

A Eucaristia do segundo domingo da Quaresma teve lugar na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, sem a presença física de fiéis, devido à atual pandemia. Segundo o Santuário de Fátima, foram “milhares” aqueles que participaram na Eucaristia através das plataformas digitais do templo da Cova da Iria.

Tagged: