“A caridade realiza-se no cuidado recíproco de uns pelos outros, na solidariedade ativa e no apoio aos mais pobres e necessitados”, afirma o cardeal António Marto, bispo de Leiria-Fátima, numa mensagem de apelo à solidariedade e de anúncio de que a renúncia quaresmal da diocese será destinada este ano à Cáritas Diocesana.

A poucos dias do início da Semana Nacional Cáritas (28 de fevereiro), o bispo de Leiria-Fátima publicou uma mensagem em vídeo, a revelar o destino do contributo penitencial com que cada católico se associa, através dos seus donativos, a uma causa solidária estabelecida em cada diocese.

Depois de ter justificado a escolha na sua mensagem de Quaresma, “invocando o motivo do aumento exponencial” de pessoas e famílias que recorrem à Cáritas, António Marto vem agora reforçar que as estruturas diocesanas se “encontram em dificuldades económicas porque no ano passado não foi possível fazer o habitual peditório de rua nem o previsto ofertório”, o que vai voltar a acontecer em 2021.

Tagged: