Com o objetivo de “reduzir progressivamente a pegada ecológica”, minimizar o impacto ambiental da sua atividade e apostar na “qualidade dos produtos”, os Serviços de Ação Social (SASUA) da Universidade de Aveiro (UA) “têm procurado estabelecer linhas de fornecimento junto de produtores hortícolas locais para o abastecimento das suas unidades de alimentação”, explicam os serviços de comunicação da instituição de ensino superior.

João Ribeiro, diretor-delegado dos SASUA, explica que para estes serviços sempre foi “importante ter uma boa matéria prima, sendo que tal desígnio passaria por ir ao encontro de produtores locais para o fornecimento da Universidade de Aveiro e fazer o acompanhamento da produção”.

De acordo com o responsável, “pretende-se criar cadeias de fornecimento com os produtores locais”, de maneira a reduzir “tempo de transporte, tempo de armazenamento e de conservação no frio”. “Com isso, garante-se melhor qualidade do produto e reduzem-se as emissões de carbono”, destaca João Ribeiro.

Tagged: