Foto: Associação Vita Nativa

Com o objetivo de dar abrigo a pequenas espécies de aves e a aves de rapina de média dimensão, foram instaladas 13 caixas-ninho no interior do concelho de Portimão. A ação acontece no contexto do projeto “Alojamento Local para Aves”, desenvolvido Vita Nativa, uma organização portuguesa sem fins lucrativos dedicada à conservação do ambiente.

Através desta intervenção, pretende-se “estimular a fixação de mais aves em meio urbano e semi-urbano e, desta forma, não só fomentar o interesse e proporcionar um contacto mais direto da sociedade em relação às aves, como também promover e realçar o importante papel das aves no controlo de pragas biológicas”, explicam os envolvidos no projeto.

A iniciativa deverá beneficiar espécies como os chapins, os andorinhões, a poupa, o estorninho-preto, o mocho-galego, o peneireiro-vulgar e a coruja-das-torres. As caixas-ninhos foram instaladas num resort que afirma procurar “estar envolvido em ações proativas de conservação da natureza”, e que através da sua política de sustentabilidade, “implementa diversas práticas de minimização do impacto ambiental da sua atividade”.

Tagged: