Cinco utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) foram acolhidos pela Santa Casa da Misericórdia de Barcelos (SCMB). A instituição explica que as pessoas acolhidas não têm um enquadramento familiar, e “aguardavam, em ambiente hospitalar, que surgisse vaga em Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI)”.

A Misericórdia de Barcelos refere que recebeu estas pessoas, “com a esperança de que, com isso, as camas libertadas no Hospital de Santo António e no Hospital de Braga ajudem também a salvar vidas”. O acolhimento a “pessoas abandonadas em hospitais” começou a ocorrer nas primeiras semanas de dezembro de 2020.

“A Santa Casa de Barcelos recebeu estas cinco pessoas, pois, independentemente das dificuldades com que é confrontada, não pode passar ao lado daquilo que é a maior crise de saúde pública dos últimos 100 anos e não pode deixar de estar aberta a ajudar quem mais precisa”, refere o organismo, em comunicado.

Tagged: