Foto: Ação IG!

Vinte estudantes pertencentes às comunidades guineenses da região de Oio e Cacheu encontram-se a frequentar o Curso de Hortifruticultura e Nutrição, através do qual “aprendem a teoria e prática para uma alimentação mais verde e menos industrializada”, explicam os envolvidos na formação.

A decorrer desde agosto de 2020, e atualmente no seu último módulo, em regime online, o curso leva até aos alunos “fórmulas que visam influenciar a mudança de hábitos alimentares nas comunidades rurais” abrangidas pela Ação IG! Hortas, uma iniciativa da União Europeia, implementada em parceria com a população da Guiné-Bissau, visando beneficiar este conjunto de cidadãos.

Através deste curso, os participantes lidam com “técnicas como o manejo e manipulação de alimentos, organização e seleção de alimentos, conceito de nutrientes e a sua função nos organismos, valor nutritivo de cereais e leguminosas, boas práticas alimentares e a importância de consumo de produtos locais”. A Ação IG! Hortas encontra-se a ser implementada em Oio e Cacheu pela ONG Ajuda de Desenvolvimento de Povo para Povo (ADPP Guiné-Bissau), constituindo-se como uma oportunidade social e económica para todos os envolvidos.

Tagged: