Foto: ADPM

“Equador” é nome de um novo projeto criado com o objetivo de contribuir para a “promoção do turismo sustentável e inclusivo em São Tomé e Príncipe”. A iniciativa é apresentada esta quinta-feira, 28 de janeiro, na cidade de São Tomé.

Entre os intervenientes na sessão estão Tiziano Pisoni, representante da Plataforma de Turismo Responsável e Sustentável, e, entre outros, Jorge Revez, presidente da Associação de Defesa do Património de Mértola – ADPM. Este projeto prevê a “realização de um conjunto alargado de atividades de apoio ao empreendedorismo e à valorização do património”, destaca a ADPM, organismo promotor do projeto “Equador”.

“É convicção da ADPM, que São Tomé reúne todas as condições para ser um destino turístico de excelência, sendo que a implementação de políticas de promoção turística gerará emprego, ajudará na promoção de serviços e produtos locais e na revitalização da cultura são-tomense”, destaca a associação portuguesa, em comunicado.

O novo projeto deverá estar em vigência ao longo de dois anos, contando com o financiamento do Instituto Camões. Entre os parceiros deste novo programa está a Direção Geral de Turismo e Hotelaria de São Tomé e Príncipe e a Câmara Distrital de Caué.

Tagged: