“Infovítimas Inclusivo” é o nome de um projeto que vai ser apresentado esta quinta-feira, 28 de janeiro, pelas 11h00, através das plataformas digitais. A sessão é aberta ao público, sendo especialmente dirigida a representantes de organizações da sociedade civil, magistrados do Ministério Público, juízes, outros operadores judiciais, agentes das Forças de Segurança e elementos ligados ao ensino superior.

A iniciativa é promovida pela Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV). O organismo nacional explica que a sessão digital será um “um momento para a partilha dos resultados” do projeto “Infovítimas Inclusivo”, o qual “permite que pessoas com deficiência visual e auditiva, vítimas de crime, tenham acesso a informação e ferramentas necessárias para agir em caso de violência ou crime, promovendo, desta forma, a sua autonomia e capacitação”.

A sessão poderá ser acompanhada através do facebook e canal youtube da APAV. “Junte-se a nós e aproveite a oportunidade de conhecer um projeto inovador em Portugal que salvaguardará a proteção das pessoas com deficiência visual e auditiva, vítimas de crime, reduzindo os efeitos negativos e as consequências da experiência de vitimação”, apela a associação portuguesa.

Tagged: