Foto: Pedro Grão

“Sol Green Capital” é o nome de um novo programa de inovação, que pretende reunir startups e entidades, com o propósito de levar a cabo projetos na área do ambiente e da sustentabilidade. O objetivo é tornar a capital portuguesa mais sustentável.

O programa deverá contar com a participação de duas dezenas startups e deverá prolongar-se ao longo de nove meses. Está previsto que se concretizem projetos no contexto da gestão de resíduos, da qualidade do ar e da água, da promoção da eficiência energética, entre outros setores.

Miguel Gaspar, vereador da Câmara Municipal de Lisboa com os pelouros da Economia, Inovação, Mobilidade e Segurança, destaca a importância da iniciativa. “Nos últimos anos, a cidade tem procurado envolver o ecossistema empreendedor na criação de soluções inovadoras e simultaneamente sustentáveis, num trabalho de proximidade com entidades públicas e privadas. É a sinergia perfeita para afirmar Lisboa como um laboratório vivo e consciente”, realçou o responsável.

O projeto conta com o envolvimento da Câmara Municipal de Lisboa (CML) e da consultora Beta-i. A iniciativa surge alinhada com o programa Smart Open Lisboa e com a estratégia Lisboa Capital Verde Europeia. As inscrições para este programa arrancam em novembro de 2021.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *