A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) e o governo de Portugal “entregaram um apoio no valor de 50 mil euros (cerca de 320 mil reais) ao Hospital Beneficente Português do Amazonas, no Brasil”, referem os serviços de comunicação da Misericórdia de Lisboa. Este apoio torna-se especialmente importante “numa altura em que Manaus (capital do estado do Amazonas) atravessa um momento difícil devido à pandemia de Covid-19”, destaca da Santa Casa de Lisboa.

O apoio fornecido é “articulado com a Embaixada de Portugal em Brasília e com o Consulado Honorário em Manaus, que presta um serviço constante de socorro a todos os cidadãos nacionais no Amazonas”. A este valor “acresce aquele que tem resultado da solidariedade e mobilização da comunidade portuguesa e lusodescendente no Brasil”.

A SCML explica que o Hospital Beneficente Português do Amazonas “tem servido, ininterruptamente, o Brasil, como sucede atualmente no difícil contexto da pandemia de Covid-19”. Fundado em 1873 por portugueses na cidade de Manaus, o hospital é atualmente considerado uma “referência no estado do Amazonas”, prestando apoio “à comunidade de aproximadamente cinco mil portugueses e lusodescendentes que lá residem”, assim como “a toda população da região”.

Tagged: