Comunidade ecuménica de Taizé assinala primeiro aniversário da morte do fundador com cerimónia muito simples: o canto de um dos cânticos preferidos do irmão Roger e a celebração da eucaristia.
Comunidade ecuménica de Taizé assinala primeiro aniversário da morte do fundador com cerimónia muito simples: o canto de um dos cânticos preferidos do irmão Roger e a celebração da eucaristia. O primeiro aniversário da morte do irmão Roger, foi marcado, em Taizé, de forma muito simples. às 20h15 todos os irmãos se reuniram no cemitério e cantaram um dos cânticos que o irmão Roger mais gostava: “Jesus Cristo, luz interior, não deixes que as minhas trevas me falem, concede que acolha o teu amor”.
Depois foi celebrada uma eucaristia muito simples, na igreja da Reconciliação, na qual participaram milhares de jovens de mais de 60 países, presentes em Taizé esta semana.
a eucaristia foi presidida por D. Gérard Daucourt, bispo de Nanterre, um grande amigo da Comunidade. O actual superior da comunidade de Taizé, irmão alois rezou pela paz no mundo: “Que se erga então a paz sobre a terra, essa paz do coração que o nosso irmão Roger tanto desejou para cada ser humano”.
agradeceu a Deus a “vida oferecida do nosso irmão Roger” salientando que “.
pela sua vida e pela sua morte, ele motivou-nos a seguir o caminho da confiança em ti, o Deus vivo cujo amor e o perdão são sem limites”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *