A Sociedade para as Missões Africanas (SMA) criou um novo serviço na arquidiocese de Acra, no Gana, para apoiar as pessoas surdas nas missas e outras atividades pastorais. A missão estará a cargo de uma equipa de oito pessoas, liderada pelo padre Rene Dan Yao e que inclui alguns membros da comunidade de surdos.

“Com este apostolado, a Sociedade para as Missões Africanas deseja responder ao apelo de uma Igreja em saída proposto pelo Papa Francisco. Por outras palavras, uma comunidade de fé orientada na procura das margens e das periferias da sociedade e da Igreja”, explica o Superior Provincial da SMA no Gana, padre Paul Saa-Dade Ennin.

Numa nota citada pela agência Fides, o missionário aproveita para pedir perdão à comunidade surda por esta lacuna na pastoral da Igreja, durante tantos anos: “Têm estado excluídos da nossa pastoral paroquial, das celebrações. Pedimos perdão a Deus e à comunidade surda por esta grave carência que hoje queremos remediar”.

Tagged: