Foto: F.M.

O Santuário de Fátima vai ajustar os próximos três anos da sua ação pastoral com a preparação da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), um evento que reúne milhares de jovens de católicos de todo o mundo, e que vai realizar-se pela primeira vez em Portugal, em 2023, com o tema “Maria levantou-se e partiu apressadamente”.

Até à realização da JMJ em solo português, cada ano pastoral no templo da Cova da Iria irá ao encontro do “desejo de sintonizar o santuário com o processo de preparação das Jornadas Mundiais da Juventude”, referiu Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor no Santuário de Fátima, na sessão de apresentação do plano pastoral do santuário mariano para os próximos três anos.

A atividade pastoral no santuário terá, assim, como horizonte a realização da JMJ em Lisboa e será essencialmente focada em Maria, de forma a dar resposta ao apelo do Papa Francisco, que propôs aos jovens de todo o mundo um itinerário de preparação para a próxima jornada.

Os principais objetivos para o novo triénio, já em vigência, incluem fazer do santuário um lugar de acolhimento dos peregrinos em situação de fragilidade ou sofrimento, fortalecer a Mensagem de Fátima “como apelo à conversão” melhorando a forma de ajudar os fiéis a vivê-la, e apresentar a Mensagem de Fátima como a boa nova de Deus.

Para a vivência deste novo ciclo de três anos, e do ano pastoral de 2021 em particular, que tem como tema “Louvai o Senhor que levanta os fracos”, o templo mariano elaborou suportes gráficos, assim como uma catequese relativa ao tema do ano pastoral e um itinerário orante como proposta aos peregrinos, para todo o triénio.

No que à formação e reflexão diz respeito, será dinamizado um simpósio teológico-pastoral, assim como o ciclo de encontros na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, de forma a permitir aos peregrinos escutarem o grande órgão daquele templo. Até outubro de 2022 a vida do santuário será igualmente marcada pela exposição “Os rostos de Fátima”, que desde o início de dezembro se encontra patente no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *