Foto: S.M.A

A Associação de Estudantes de Medicina Subsarianos, em conjunto com o movimento de estudantes universitários católicos africanos, a Cáritas e a comunidade católica de Fez, em Marrocos, proporcionaram uma tarde de sorrisos a várias crianças, filhas de imigrantes africanos, para assinalar a época natalícia.

Os menores, acompanhados das suas mães, foram acolhidos na sala Charles de Foucauld, na paróquia de Fez, onde receberam jogos e comida, num ambiente tranquilo e acolhedor, segundo relatou à agência Fides o pároco local, padre Matteo Revelli, da Sociedade para as Missões Africanas.

“Este ano, em tempos de Covid, antecipámos o nascimento do Menino Jesus, munido de uma máscara sanitária, como deve ser. Deste modo, foi fácil apresentar aos imigrantes muçulmanos o significado do nascimento de um Jesus verdadeiramente encarnado: o gesto foi compreendido e apreciado por todos. Uma bonita experiência festiva que estudantes e mães decidiram repetir todos os anos”, testemunhou o sacerdote.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *