Foto: Lusa

Uma nova série de ataques violentos contra várias aldeias da província de Cabo Delgado, em Moçambique, provocou a morte a pelo menos 10 pessoas e a destruição de centenas de casas e viaturas, informa a imprensa local.

As ofensivas ocorreram entre os dias 15 e 16 de dezembro, nos distritos de Nangade e Palma. Os agressores entraram nas povoações fortemente armados, mataram os civis a tiro, e incendiaram centenas de casas e algumas viaturas, entre elas pelo menos duas de transporte de passageiros.

Na sequência destes ataques, originou-se uma nova vaga de deslocados, com as pessoas a procurarem refúgio na vila de Nangade, que já tinha recebido anteriormente milhares de pessoas em fuga.

No seu mais recente discurso ao Parlamento, o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, dedicou grande parte da oratória à situação de Cabo Delgado, reiterando que o movimento terrorista no norte do país tem “mão estrangeira”.

Tagged: