Luiz Fernando Lisboa, bispo de Pemba

O bispo de Pemba, Luiz Fernando Lisboa, lançou mais um apelo à paz na província moçambicana de Cabo Delgado, e alertou para a situação catastrófica em que se encontra a região norte de Moçambique, onde os ataques sistemáticos de grupos terroristas já provocaram mais de 2.000 mortos e mais de 500 mil deslocados.

“Mais de meio milhão de pessoas deslocadas precisam de tudo! De alimento, roupa, medicamentos, panelas, precisam de atenção, de um lugar para morar, de tudo. É uma guerra que tem trazido muito sofrimento a todos nós. O povo está cansado da guerra…”, afirmou o prelado em entrevista à Fundação Ajuda à Igreja que Sofre (AIS).

Apesar das ajudas que a Igreja a as agências humanitárias têm procurado fazer chegar às populações afetadas, há famílias de mãos vazias e a fome paira sobre inúmeros agregados familiares. “Esse terrorismo tem feito sofrer a nossa população, tem adiado os sonhos de muita gente. Anualmente, já sofríamos de fome em certa época do ano. De há três anos para cá, muita gente não está a produzir. Então a fome será ainda maior. A guerra só tem perdedor, mas os que sofrem mais são os mais pobres”, sublinhou Luiz Fernando Lisboa.

Segundo o bispo de Pemba, o povo de Cabo Delgado está cansado da guerra e quer é o regresso aos dias de paz: “Moçambique já enfrentou duas guerras e, aqui em Cabo Delgado, estamos enfrentando a terceira. O povo está cansado, está a sofrer muito com essa guerra. Não podemos ser indiferentes ao sofrimento, à dor, à morte de tantos irmãos e irmãs”.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *