Com a aproximação do Advento, o tempo de preparação para o Natal que se inicia no próximo domingo, 29 de novembro, a Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) divulgou esta terça-feira uma mensagem pedindo mais atenção aos pobres, neste “tempo favorável” à mudança de comportamentos e ao acolhimento.

“O Deus que vem não vem mudar as situações. Vem mudar os corações. E são os nossos corações mudados que podem mudar as situações. É terrível termos de assumir que, se não cuidamos bem dos pobres e necessitados, também não cuidamos bem de Deus! Mas é agora o tempo favorável”, referem os bispos portugueses.

Na sua proposta de meditação para os quatro domingos anteriores ao Natal, intitulada “Deus vem e enche o nosso tempo de ‘Bom-Dia’!”, a CEP aborda as limitações impostas pela pandemia de Covid-19, destacando que este é um tempo “de mudança e de esperança” que deve abrir portas a uma “torrente de bondade”.

“O Deus do Advento vem para o meio desta pandemia, pega na nossa mão, muda o nosso coração e envia-nos a mudar a situação. Está aberta a oficina do Advento: enquanto uns se afadigam na vacina, outros nos hospitais, outros nos lares, nas farmácias, na padaria, empenhemo-nos todos em encher este mundo de Paz, de Esperança e de ‘Bom-Dia’, à imagem e sob a proteção maternal de Maria”, conclui o documento.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *