Foto: Catedral de Myeongdong

Depois do encerramento forçado pela pandemia, em fevereiro de 2020, os confessionários da Catedral de Myeongdong, no coração da capital da Coreia do Sul, voltaram a abrir aos fiéis, com novos equipamentos e medidas de higiene suplementares, que asseguram o cumprimento das medidas anti-Covid, tanto para o sacerdote como para o penitente.

“A nossa comunidade tem enfrentado tempos muito difíceis, dada a prolongada crise pandémica. A reabertura de confessionários totalmente equipados é parte do nosso esforço para oferecer assistência pastoral aos fiéis. Para transformar a crise numa oportunidade, esperamos que haja outras iniciativas eficazes no campo da pastoral também na era pós-Covid”, esclareceu o porta-voz da arquidiocese de Seul, padre Matthias Young-yup Hur.

Segundo o sacerdote, citado pela agência Fides, os espaços do padre e do penitente no confessionário estão agora completamente separados e foi instalado um sistema de ventilação especial para evitar a transmissão do vírus pelas vias respiratórias. Além disso, existe uma barreira em acrílico entre os dois para evitar a exposição às gotículas, e o confessionário é totalmente desinfetado após a celebração do sacramento e antes da entrada do penitente seguinte.

A reabertura dos confessionários, ainda de acordo com o padre Matthias, é mais um sinal de esperança que permite olhar para lá da crise e oferece ao batizado uma mensagem essencial: “Cuidar a vida espiritual, cultivar o contacto direto com Deus, alimentar a fé através dos sacramentos, são o caminho principal para superar as dificuldades e provas da existência”.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *