A Internet vai levar até investigadores de Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) um curso online de escrita científica. Com o nome “Princípios da escrita científica”, a formação vai realizar-se dias 27 e 30 de novembro e dia 3 de dezembro.

A iniciativa visa “reforçar as competências dos investigadores da área da saúde destes países para a escrita de artigos e de protocolos científicos e engloba sessões teóricas, estudos de caso e sessões de coaching individuais”, explicam os promotores do curso. A ação formativa será lecionada em português, com “recurso a materiais e exercícios em inglês”.

A iniciativa digital é dinamizada pela Fundação Calouste Gulbenkian (FCG), sendo especialmente dirigida a docentes, investigadores do ensino superior e de centros de investigação e a alunos de doutoramento dos PALOP. A coordenar o curso vão estar as investigadoras Inês Crisóstomo, Marta Agostinho e Marta Nunes.

Tagged: