Os alunos de uma turma do sexto ano da “Escola EB 2, 3 Sá Couto”, do Agrupamento Escolas Doutor Manuel Laranjeira, em Espinho, juntamente com os seus professores, auxiliares de ação educativa e encarregados de educação, levaram a cabo o “Projeto de agricultura biológica e horta pedagógica”, no biénio 2018-2020.

No âmbito deste programa, os alunos colocaram em prática os princípios da agricultura biológica na horta escolar. Preparam um terreno para este projeto, implementaram a compostagem e procederam à plantação de alimentos como morangueiros, ervas aromáticas e abóbora.

Os alunos recorreram ainda ao sistema de rega gota-a-gota, e, para a construção de floreiras reutilizaram materiais como embalagens de plástico e de metal, assim como madeira. Os estudantes colheram depois os bens que semearam e plantaram, e, com esses produtos hortícolas, confecionaram uma refeição saudável para todos os participantes. O Serviço Intermunicipalizado de Gestão de Resíduos do Grande Porto (Lipor) felicita todos os envolvidos pelos resultados obtidos na concretização deste projeto.

 

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *