Foto: "ORBIS"

Numa altura em que pessoas em todo o mundo enfrentam graves dificuldades devido aos efeitos das medidas de contenção da Covid-19, uma organização não governamental para desenvolvimento (ONGD) de Aveiro apela a donativos para ajudar aqueles que se encontram em sofrimento além-fronteiras, no âmbito da campanha “Costuro, e reinvento o meu futuro!”.

O objetivo é reunir fundos para desenvolver um curso de costura em Moçambique e levar alimentos aos mais carenciados. A iniciativa destina-se, sobretudo, a apoiar mães moçambicanas e a potenciar o trabalho desenvolvido no terreno pelas Irmãs Palotinas.

“Os nossos parceiros, no terreno, lançaram-nos o desafio de organizar um curso de costura. Um projeto fantástico e simples, no qual queremos, para além de doar cabazes que ajudem estas famílias, criar kits de costura para dar início a este curso e reinventar o seu futuro! Contamos com o vosso apoio para dar asas a este projeto”, referem os voluntários da organização “ORBIS – Cooperação e Desenvolvimento”.

Os membros deste organismo lembram que a atual pandemia “tem deixado marcas profundas em todos os países”, e que Moçambique “não é exceção”. Devido à atual pandemia, os elementos desta organização explicam que o trabalho se tornou “mais escasso” e que as “famílias procuram auxílio para conseguir colmatar as necessidades primárias, combatendo a fome e a pobreza, procurando novos rumos para o seu futuro”, motivo pelo qual um curso de costura se pode revelar crucial para muitas pessoas.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *