“Murro no estômago” é o nome de um novo livro que “resulta de um trabalho em conjunto” com a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV), conforme explica o próprio organismo, em comunicado. O subtítulo da publicação revela que a obra apresenta a “violência doméstica na primeira pessoa”, um testemunho que é dado “por quem sofre e por quem a combate”.

A publicação é da autoria de Paulo Jorge Pereira, jornalista, e conta com a participação de Daniel Cotrim, Maria Fernanda Alves, e Cristina Soeiro, entre outros. Através desta obra, a APAV explica que o autor “pretende dar voz às vítimas de violência doméstica e a quem luta contra esta realidade”.

Paulo Jorge Pereira apresenta assim, nesta publicação “histórias de vítimas e sobreviventes”, que incluem “relatos emocionantes, duros e crus”, que são transmitidos com a “esperança de que a história de quem os lê possa ser diferente”.

O obra reúne também “testemunhos de profissionais” que lidam com este crime e que se “empenham na defesa de quem sofre”. Pretende-se também que a publicação seja um “apelo à ação, para que todos saibamos como podemos ajudar” e acabar com a violência doméstica. A obra estará à venda nas livrarias a partir de segunda-feira, 19 de outubro.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *