O grupo, que chegou a Portugal esta quinta-feira, 8 de outubro, é composto por pessoas de nacionalidades distintas, que vão desde Senegal, Gâmbia, Serra Leoa, Mali, Togo, Nigéria e Camarões, e resulta de várias operações de resgate do Barco Humanitário Ocean Viking realizadas em setembro e outubro de 2019 no mar Mediterrâneo. Trata-se de um grupo composto por jovens adultos, do género masculino, entre os 20 e os 41 anos.

Com a chegada deste grupo inicia-se o processo de acolhimento e integração. Nesta fase tudo é novidade para quem chega e para quem recebe. Ainda no Aeroporto de Lisboa, antes de viajar para o Porto, o grupo inicialmente observador, através de interações simples foi correspondendo e demonstrando contentamento pelo acolhimento.

Alguns comentaram desde logo que estavam satisfeitos pelo acolhimento em Portugal e, associando o nosso país ao desporto rei, ficou já a promessa de se realizar uma ou várias partidas de futebol, em breve, nas instalações da Consolata – Águas Santas, que será a casa deste grupo no próximo ano e meio.

Texto: Catarina Ciríaco

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *