dinheiro
Foto: Lusa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou esta quinta-feira, 8 de outubro, que vai desbloquear uma verba de 815 milhões de euros num período de dois anos, para permitir a 28 países o alívio da dívida nos próximos seis meses ou o financiamento de ações de combate ao impacto da pandemia de Covid-19.

O continente africano é mais beneficiado, com 22 dos países menos ricos a serem contemplados com esta ajuda de urgência. O Mali, que antes havia sido colocado em lista de espera, também foi contemplado. Entre os países lusófonos, os únicos abrangidos por este financiamento são a Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Segundo as agências noticiosas internacionais, em abril último, a instituição financeira mundial aliviou as dívidas de 25 países menos desenvolvidos, com 500 milhões de dólares (cerca de 425 mil euros).

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *