Com o propósito de fomentar o desenvolvimento psicomotor das crianças com idades compreendidas entre os 3 e os 6 anos, arranca esta semana o projeto “Crianças ativas – Crianças vivas”. O programa de educação física é dirigido às crianças dos jardins-de-infância da rede pública do concelho de Albufeira, e acontece uma a duas vezes por semana, durante o horário da componente não letiva.

Devido à atual pandemia, neste ano letivo, e de forma excecional, a atividade no horário não letivo “deverá ser frequentada apenas por crianças das Atividades de Animação e Apoio à Família (AAAF), podendo em algumas circunstâncias ser equacionada a possibilidade da frequência por crianças que não usufruam das AAAF”, conforme explicam os serviços de comunicação municipais. Em Albufeira decorrem atualmente sete projetos educativos, que proporcionam aos mais novos terapia ocupacional, terapia da fala, e técnicas de concentração e relaxamento, entre outros.

“É uma aposta no futuro. Se queremos o melhor para amanhã, é no presente que temos que investir: escolas atrativas, funcionais, que sejam o orgulho de toda a comunidade educativa, mas onde o tempo aí passado seja também uma mais valia, garantindo maior acessibilidade das crianças a ações que lhes proporcionem um crescimento mais saudável”, destaca José Carlos Rolo, antigo diretor da Escola Secundária de Albufeira, atual presidente da Câmara Municipal, onde é também responsável pelo pelouro da Educação.

 

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *