Foto: IMVF

O projeto “Territórios sustentáveis para a paz em Caquetá”, vigente na Colômbia, está na origem de contratos de apoios financeiros a terceiros, com diversas organizações dos municípios de Doncello, El Paujil e La Montañita.

Estes apoios surgem no âmbito de um “processo de capacitação e reforço da sociedade civil e organizações de base nas áreas de intervenção do projeto, contribuindo para o fortalecimento e a dinamização do tecido económico e social da região”, explicam os envolvidos na iniciativa.

Através deste meio, o projeto “Territórios sustentáveis para a paz em Caquetá” vai conceder “apoio financeiro a um total de 29 organizações, com o objetivo de reforçar áreas ou projetos concretos nas suas áreas de intervenção respetivas”, nomeadamente a“produção e transformação de cacau, produção de plantas aromáticas e produção e comercialização de panela”.

O projeto “Territórios sustentáveis para a paz em Caquetá” é desenvolvido pelo Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF) e pela Red Adelco. O programa conta com o financiamento do Fundo Fiduciário da União Europeia para a Paz na Colômbia, e com o cofinanciamento do Instituto Camões. A iniciativa conta também com contribuições do governo local do Departamento de Caquetá e dos municípios de La Montañita e El Paujil, assim como de empresas portuguesas privadas instaladas na Colômbia.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *