Mosteiro de São Salvador de Grijó | Foto: Manuel Botelho

Mais de seis dezenas de artistas têm as suas obras expostas no Mosteiro de São Salvador de Grijó, em Vila Nova de Gaia, no âmbito da nona edição da ‘Exposição anual coletiva de arte’. A mostra decorre sob o tema ‘Aqua viva – Água viva’, e insere-se no conjunto de exposições do ‘Projeto onda bienal’, promovido pela Cooperativa Cultural Artistas de Gaia.

Os serviços de comunicação da diocese do Porto destacam que em torno deste “mosteiro setecentista, rico de história e de significado espiritual e cultural”, a paróquia tem desenvolvido, “desde há anos, um projeto pioneiro no domínio da relação entre a fé e a cultura”, que são consideradas “duas das mais ricas dimensões da convivência humana”.

A exposição insere-se nas comemorações do padroeiro de Grijó – São Salvador – e conta com a orientação do pároco, o cónego António Coelho, e do escultor Bruno Marques. A iniciativa é ainda apoiada pela diocese do Porto e pela Câmara Municipal de Gaia. A mostra pode ser conhecida até ao próximo dia 17 de setembro.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *