Moçambique
Foto: Lusa

As autoridades moçambicanas decretaram o encerramento de mais de 20 centros de acolhimento de crianças órfãs e vulneráveis, na província de Nampula, após terem sido detetadas violações de direitos básicos nos estabelecimentos, nos distritos de Angoche, Moma, Larde e Murupula.

Segundo a imprensa local, os inspetores da direção provincial de género, criança e ação social encontraram instituições com falta de condições mínimas de alojamento e alimentação, e recolheram testemunhos de meninas que disseram ter sido violadas por dirigentes dos centros de acolhimento. Os casos de agressão sexual foram encaminhados para os órgãos criminais.

Egídio Sousa, um dos responsáveis pela ação de fiscalização, revelou ainda que foram encontrados elementos que demonstram que alguns grupos de cidadãos criam os centros de acolhimento apenas com o intuito de angariar donativos e não para salvaguardar os direitos da criança.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *