Austrália
Foto: Lusa

As autoridades de Victoria, o segundo estado mais povoado da Austrália, anunciaram esta semana a aplicação de multas até 12.100 euros a quem infringir as ordens de isolamento para evitar a propagação do novo coronavírus. A medida, que contará com um reforço de pessoal militar nas ruas, é mais uma tentativa desesperada para evitar uma segunda vaga de infeções a nível nacional.

As restrições aos movimentos diários da população já tinham sido endurecidos, com o recolher obrigatório e o encerramento de grande parte da economia local, mas ainda assim, quase um terço dos infetados não estavam confinados nas suas casas quando foram inspecionados pelas autoridades, o que levou à determinação de novas regras mais duras e penalizadoras.

A Austrália registou cerca de 19 mil casos de Covid-19 e mais de 230 mortes, uma cifra menor que muitas outras nações desenvolvidas devido ao encerramento antecipado das suas fronteiras internacionais, imposição de restrições de distanciamento social e realização massiva de testes.

No entanto, à medida que o país começou a reabrir, as transmissões comunitárias aumentaram significativamente em Victoria, que registou cifras de novos casos de três dígitos durante semanas. Agora a região tem o grosso das infeções no país, com perto de 12 mil casos registados.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *