José Tolentino Mendonça
Foto: Homem de Gouveia / Lusa

O cardeal José Tolentino Mendonça foi convidado a fazer a conferência de abertura das Jornadas Nacionais da Comunicação Social, agendadas para os próximos dias 24 e 25 de setembro, mas este ano apenas em ambiente digital. O encontro terá como tema principal o mote “Mais do que ligados”, com o intuito de inspirar os participantes a refletir, debater e planificar a comunicação no contexto da pandemia.

“O objetivo destas jornadas foi definido na sequência de duas reuniões com diretores dos Secretariados Diocesanos das Comunicações Sociais e os seus mais diretos colaboradores, onde foi também unânime a decisão de que as Jornadas deste ano acontecem no ambiente digital”, explica o presidente da Comissão Episcopal da Cultura, Bens Culturais e Comunicações Sociais, João Lavrador.

Segundo o bispo de Angra, depois da conferência de abertura, em torno do tema “Palavras e presenças: desafios de uma pandemia à comunicação”, serão proporcionados momentos de debate e workshops em pequenos grupos, que terão em cima da mesa propostas de discussão sobre a “informação, assessoria, imprensa regional, conteúdos para a pastoral, liturgias online e pastoral juvenil e universitária”.

“As jornadas terminam com a entrega do Prémio de Jornalismo Dom Manuel Falcão à jornalista do Expresso Christiana Martins, pela reportagem sobre a Cartuxa, e aos títulos Jornal da Beira e Notícias da Covilhã, um prémio honorífico pelos 100 anos de história das duas publicações”, adianta João Lavrador.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *