A Comissão Europeia anunciou esta quarta-feira, 22 de julho, um investimento de 100 milhões de euros na Coligação para a Promoção de Inovações em prol da Preparação contra Epidemias (CEPI), uma associação global criada em 2017 para desenvolver vacinas que previnam futuras epidemias.

Em comunicado, o executivo comunitário explicou que o objetivo da CEPI é “proporcionar uma solução abrangente para desenvolver, fabricar e administrar até dois mil milhões de doses da vacina contra o coronavírus de forma equitativa até ao final de 2021”.

Além desta verba, a União Europeia prometeu já investir 1.000 milhões de euros no desenvolvimento de testes, tratamentos e ferramentas de prevenção contra a Covid-19, através do Horizon 2020, o programa de investigação e inovação do bloco europeu.

Segundo as agências internacionais, antes do aparecimento da Covid-19, as doenças prioritárias da CEPI incluíam o vírus ébola, o vírus de Lassa, o coronavírus da Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS), o vírus de Nipah, a febre do Vale de Rift e o vírus de Chikungunya.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *