desflorestação
Foto: EPA / Barbara Walton

As áreas protegidas estão a aumentar a nível mundial, mas área florestal perdeu cerca de 178 milhões de hectares nos últimos 30 anos. Segundo a mais recente Avaliação Global de Recursos Florestais, o Brasil continua a liderar a lista, embora esteja a perder menos área florestal do que em décadas anteriores. Já em Angola e Moçambique, os números continuam a subir.

De acordo com o documento, elaborado por especialistas da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), além do Brasil, Angola e Moçambique, a lista de 10 países com maior perda líquida de floresta (diferença entre área florestal criada e destruída) entre 2010 e 2020, inclui a República Democrática do Congo, Indonésia, Tanzânia, Paraguai, Myanmar, Camboja e Bolívia.

Milhões de pessoas em todo o mundo dependem das florestas para segurança alimentar e meios de subsistência e estes habitats são essenciais também para a conservação dos recursos naturais, porque abrigam a maior parte da biodiversidade terrestre do planeta. Segundo a agência da ONU, as florestas contêm 60 mil espécies de árvores, 80 por cento de todas as espécies de anfíbios, 75 por cento das espécies de aves e 68 por cento dos mamíferos.

O mundo possui uma área total de floresta de 4,06 biliões de hectares, o que representa cerca de 31 por cento da área total do planeta. A Europa, incluindo a Rússia, acolhe 25 por cento dessa área, seguida pela América do Sul (21 por cento), América do Norte e Central (19 por cento), África (16 por cento), Ásia (15 por cento), e Oceania (cinco por cento).

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *