energia solar
Foto: Nuno Veiga / Lusa

A Agência Internacional de Energia (AIE) está a preparar uma cimeira online, agendada para 9 de julho, onde espera reunir as maiores economias do mundo e os países em desenvolvimento, que representam 80 por cento das emissões poluentes do planeta. Numa antecipação ao encontro, foi deixada uma mensagem aos líderes mundiais: a recuperação económica pós-Covid deve ser “sustentável” e “verde”.

Com o adiamento para 2021 da Cimeira das Nações Unidas sobre o Clima, devido à crise pandémica, esta reunião virtual afigura-se como o único grande palco de debate da crise climática este ano. Neste sentido, a AIE, além de apelar a uma recuperação que aposte nas energias verdes, alerta que uma recuperação sustentável é essencial para evitar uma repetição do cenário vivido com a crise financeira de 2008, quando as emissões poluentes caíram fortemente durante a recessão, mas regressaram rapidamente a níveis muito superiores no relançamento posterior das economias mundiais.

A cimeira contará com a participação dos Estados Unidos da América e da China, entre outros, e a chave para o sucesso é levar os governos a comprometer-se com planos de recuperação “verde”, mesmo aqueles que têm uma postura bastante cética acerca da urgência do combate contra as alterações climáticas.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *