artista
Foto: Engin Akyurt

Está criado o ‘Fundo de solidariedade para a cultura’. A iniciativa visa prestar apoio à comunidade artística, de forma a fazer face aos efeitos das medidas de contenção da atual pandemia no setor. O fundo “arranca com 1,35 milhões de euros”, informam os serviços de comunicação da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, uma das entidades envolvidas na iniciativa.

Reverterá também para este fundo a receita de bilheteira do ‘Festival regresso ao futuro’, que este sábado, 20 de junho, leva 21 artistas nacionais aos palcos de teatros municipais. Outra oferta já comunicada “diz respeito a parte da receita dos ‘Prémios Play’, da RTP, que acontece no final de julho”, adianta a Misericórdia de Lisboa, acrescentando que o fundo está “aberto a contributos da sociedade civil em geral”.

Esta resposta social é o resultado de uma união de esforços de quatro entidades parceiras: a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Gestão dos Direitos dos Artistas (GDA), a Audiogest e a Associação para a Gestão Colectiva de Direitos de Autor e de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais (Gedipe).

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *