A Eucaristia da manhã do último domingo, 14 de junho, no recinto de oração do Santuário de Fátima, “contou já com um grupo de peregrinos inscrito, oriundo da diocese do Porto”, destacam os serviços de comunicação do Santuário de Fátima.

O último domingo foi o culminar uma semana marcada pelo “regresso gradual dos peregrinos às celebrações de verão no recinto de oração, o que tem acontecido no respeito integral pelas regras de segurança e distanciamento social”, asseguram os responsáveis do templo mariano.

Apesar de ser um espaço ao ar livre, o santuário afirma que os fiéis “têm mantido o uso da máscara e preservado o distanciamento físico entre si, seja durante as celebrações seja durante as visitas aos espaços de culto, oração ou museológicos, respeitando as indicações dos inúmeros acolhedores com que o santuário conta para o acolhimento diário dos que peregrinam a Fátima”.

A presidir à Eucaristia esteve Carlos Cabecinhas, sacerdote e reitor no Santuário de Fátima, que pediu aos peregrinos atenção aos demais. “Somos chamados a ser sensíveis à dor dos irmãos. Somos chamados a aproximar-nos daqueles com quem trabalhamos, vivemos e nos deparamos e a abraçá-los”, disse o responsável, apelando à oração.

“É preciso rezar, e fazê-lo com confiança e sem desânimo porque é desta oração que nasce uma intimidade com Deus que nos torna mais disponíveis para os outros à semelhança dos santos pastorinhos” que, conscientes do amor que Deus lhes tinha, se tornaram “transparência da compaixão e da misericórdia de Deus a tantos quantos com eles se cruzaram”.

“Confiemo-nos nas mãos do Senhor que está sempre atento às nossas necessidades e peçamos-Lhe um coração como o Seu atento e compadecido e peçamos-Lhe a capacidade para levar esse amor aos outros”, referiu o reitor do santuário mariano.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *