O Dia Internacional de Crianças Inocentes Vítimas de Agressão é assinalado esta quinta-feira, 4 de junho. Por ocasião desta data, a Organização das Nações Unidas (ONU) lembra que sempre que surgem conflitos e guerras, as crianças são as primeiras a sofrer, assim como outros grupos vulneráveis da sociedade.

As Nações Unidas recordam que o “recrutamento de menores para conflitos e guerras está entre as seis violações mais comuns de Direitos Humanos, além de assassinatos, violência sexual, sequestros, ataques a escolas e hospitais e impedimento de acesso humanitário”.

Através desta efeméride, a ONU pretende também “alertar para o sofrimento emocional, mental e físico imposto a crianças em todo o mundo em conflitos e guerras”. Por esta ocasião, a organização intergovernamental reforça o compromisso que tem de proteger os Direitos das Crianças.

De acordo com as Nações Unidas, “o número de violações a crianças ocorridas em muitas zonas de conflito aumentou nos últimos anos”. “Ao todo, mais de 250 milhões de menores vivem em áreas afetadas por conflitos e guerras”, adianta a ONU. Da Agenda de Desenvolvimento Sustentável 2030 faz parte, pela primeira vez, a eliminação da violência exercida sobre menores em conflitos.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *