Portugal regista esta segunda-feira, 1 de junho, 1.424 mortes relacionadas com a Covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infetados, mais 200, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), que dá conta que o maior número de infetados (193) se verificou na região de Lisboa e Vale do Tejo.

A região Norte continua a ser a que regista o maior número de mortos (791), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (363), do Centro (239), do Algarve e dos Açores (ambos com 15) e do Alentejo, que regista um óbito. A Região Autónoma da Madeira mantém-se sem registo de óbitos.

De acordo com a DGS, 724 vítimas mortais são mulheres e 700 são homens. Do total de mortes, 958 tinham mais de 80 anos, 276 tinham entre os 70 e os 79 anos, 126 tinham entre os 60 e 69 anos, 45 entre 50 e 59, 16 entre os 40 e os 49. Há duas mortes registadas entre os 20 e os 29 anos e uma na faixa etária entre os 30 e os 39 anos.

O boletim epidemiológico desta segunda-feira dá ainda conta que o número de doentes recuperados subiu para 19.552 (mais 143), encontrando-se 27.958 pessoas em vigilância pelas autoridades de saúde. Até agora, a faixa etária mais afetada pela doença é a dos 40 aos 49 anos (5.479), seguida da faixa dos 50 aos 59 anos (5.387) e das pessoas com idades entre os 30 e 39 anos (4.953).

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *