Com o objetivo de erradicar espécies exóticas invasoras no Rio Lima, a Câmara Municipal de Ponte de Lima, distrito de Viana do Castelo, lançou dois projetos com um investimento de 500 mil euros. A ação arranca neste mês de junho e prolonga-se até outubro.

Gonçalo Rodrigues, diretor da ‘Unidade de recursos naturais e rurais’ da autarquia, destaca a importância da iniciativa. “Estas espécies estão a invadir e a ocupar toda a área útil do rio, constituindo um problema, desde logo, para as outras espécies aquáticas que ficam com o seu espaço reduzido, provocando a deterioração da qualidade da água. Há ainda o impacto na fauna, sobretudo ao nível das espécies de peixes”, explicou o responsável, em declarações à agência Lusa.

O primeiro dos projetos tem como propósito eliminar as espécies invasoras aquáticas nas zonas mais afetadas no rio. O segundo projeto visa dar continuidade a um trabalho que já decorre para erradicar e controlar as espécies invasoras terrestres, uma iniciativa que conta com o apoio da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

Além de beneficiarem o ambiente e o Rio Lima, ambos os projetos, visam melhorar a qualidade da água, o habitat das espécies nativas, e o potencial para atividades desportivas. Esta ação é financiada, em parte, com fundos do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *