A Basílica de São Pedro, em Roma, reabriu ao público esta segunda-feira, 18 de maio, símbolo de um regresso relativo à normalidade em Itália, onde o desconfinamento entra na segunda fase – tal como em Portugal -, com a reabertura dos espaços comerciais, cafés e esplanadas e a retomada das Missas comunitárias.

Itália foi o primeiro país europeu a decretar o confinamento, há mais de dois meses, para conter o novo coronavírus. O país registou mais de 32 mil mortos e a economia ficou praticamente paralisada. O primeiro abrandamento das restrições ocorreu a 4 de maio. Esta segunda-feira, a famosa Basílica de São Pedro, no coração do Vaticano, voltou a receber visitas, depois de ser totalmente desinfetada.

Para o Papa Francisco, esta fase de desconfinamento apresenta-se como um “sinal de esperança”, que deve ser encarado com responsabilidade e prudência. “Por favor, avancemos com as normas que nos deram para assegurar a saúde de cada um”, apelou o Santo Padre no domingo.

Tagged:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *